No começo dos meus estudos de arquitetura sempre fui atraída por projetos de linhas retas, formas geométricas marcantes, aquele ar das arquiteturas modernas, contemporâneas e minimalistas; telhados aparentes e aquela carinha mais clássica de casa era algo que não me atraia nem um pouco já que minhas referencias eram, por exemplo: Bjark Ingels, Mies Van der Rohe, Tadao Ando. Mas tenho que confessar que, ultimamente, tenho amado os diversos detalhes arquitetônicos que podemos incluir em um projeto residencial para dar personalidade aos projetos trazendo um ar mais clássico e eu me arriscaria a dizer, saudosista.

Photo by anaredig from FreeImages.

São muitos os detalhes que podemos trabalhar para trazer destaques variados, como testeiras que trazem o estilo vitoriano mais rebuscado, conforme mostrado na foto ao lado.

Outro elemento arquitetônico que permite executar uma grande variação de estilos são as cornijas, identificadas geralmente como qualquer moldura decorativa horizontal que coroa um elemento de construção ou mobília e tem a função principal de desviar a água da chuva que desce pelo telhado das paredes externas. As cornijas podem ser encontradas como acabamento abaixo dos telhados, acima de portas e janelas, detalhes que acredito já não vemos muito atualmente nas residências do Brasil.

Photo by Jamie Street on Unsplash.

Existem muitos modelos e locais para colocar as cornijas, mas acredito que estes elementos acima de janelas e portas dão um certo charme aos projetos, um ar mais romântico, por assim dizer, (fala sério! e só olhar para a foto ao lado, vocês não acham que está super romântica? rsrs…) Não sei dizer ao certo o que é me atrai a projetos arquitetônicos com detalhes mais clássicos, acho lindo poder viver momentos rodeada por espaços que carregam historia, cultura…acho que tenho alma velha rsrsrs

Vigas aparentes do telhado, tanto fora como dentro das casas acho que fica charmoso demais, traz um jeito mais de fazenda, campo. Assim como o uso de venezianas nas janelas, são elementos que permitem brincar com as cores da fachada e confere uma certa individualidade a cada projeto.

Photo by Jared Brashier on Unsplash.

Ah, são muitos os elementos arquitetônicos externos com que podemos trabalhar, mas esses são alguns dos que mais me chamam a atenção. Talvez porque não costumo trabalhar muito com eles, pois não é comum as pessoas procurarem por esse estilo ou talvez porque assisto muito aquele canal maravilhoso de reformas (sabem qual me refiro neah?…rsrsrs) Mas, e vocês? Qual estilo arquitetônico faz seu coração vibrar mais forte?

Leave your comment! I would love to hear what you think!